BLOG: Para quem tem acima de 35 anos, desde a infância os robôs representam o futuro

Para aqueles que tem acima de 35 anos, desde a infância os robôs representam o futuro, até então um futuro distante, um homem de lata que fala, anda, interage e até chora …

Essa criação já nos foi apresentada como personagens de filmes, brinquedos, quadrinhos e hoje esse universo encantador e cheio de novidades está aqui, virou realidade …

 

O futuro começou, Welcome Phil!

 

robot Phill

A Accor Hotels apresentou no mês passado o Phil Welcome, seu robô concierge que está em desenvolvimento e já foi testado durante três semanas no Pullman São Paulo Vila Olímpia, da capital paulista. O objetivo é liberar os funcionários humanos para demandas mais complexas e reduzir o tempo de processos básicos. A partir de 2020, novos hotéis ganharão o seu robô próprio.

Por comando de voz, Phil já aprendeu mais de 300 interações e responde a perguntas sobre horários de funcionamento de espaços como restaurante e academia, serviços do hotel, atrações nos arredores e até mesmo consegue dançar para os hóspedes. Agora, são realizados testes pontuais no Pullman Vila Olímpia e, daqui a seis meses, Phil será membro fixo da equipe de atendimento.

É uma experiência inédita no Brasil e a inovação está na estratégia de todos os negócios, sendo atrelada à inteligência artificial. A hotelaria será um dos mercados mais impactados e na Accor estamos nos posicionando como pioneiros. O robô quando chega é uma caixa vazia e temos que desenvolver o perfil dele”, explica o vice-presidente de Tecnologia da Informação da Accor Hotels na América do Sul, Erwan Le Goff.

Phil dança para os visitantes no lobby do Pullman Vila Olímpia

O projeto é desenvolvido em parceria com a chinesa Ubtech, que constrói a parte física, a Pluginbot, startup que faz desenvolvimento e gestão de bots, adequando ao idioma português (em breve o robô será multilíngue), e a IBM é responsável pelas ferramentas de inteligência que servem de elo entre todas as partes. Já a Accor é a empresa que oferece espaço para a adequação do robô ao setor de hotelaria.

“Começamos a avaliar a robotização no início do ano, mas na época os modelos disponíveis do mercado não atendiam às nossas necessidades operacionais. Com isso, testamos algumas funcionalidades separadamente, como o reconhecimento facial e lançamos o quarto 360. Em breve, o Phil conseguirá reconhecer as pessoas pelo rosto, será garçom, com capacidade de registrar os pedidos dos clientes, e realizará check-in e check-out. As funcionalidades para essa tecnologia não têm limites”, finaliza.

 

GRUPO GLOBALIS

  • MATRIZ
      Praça Dom José Gaspar, 134 - 12º Andar
    Consolação
    CEP: 01047-010 - São Paulo – SP

  •    Telefone: +55 11 3197-3001

  •    atendimento@globalis.com.br

  •    contato@globalis.com.br

RECEBA NOSSA NEWSLETTER